28 de out de 2011

Perdão segundo Deus e perdão segundo o mundo

A Fábula do Porco-espinho.


Durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio.
Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente, mas os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que ofereciam mais calor.

21 de out de 2011

É a Mentira Justificável em Algumas Situações?




Teria Deus aceitado o emprego da mentira, como no caso de Raabe (Js 2:3-7) e até orientado o profeta Samuel a mentir ( I Sm 16:1-4)?

Para início de discussão, deve-se dizer que a Bíblia não apoia o emprego da mentira em nenhuma situação; ao contrário, credita-a ao diabo: “Vós sois do diabo, que é vosso pai, e quereis satisfazer-lhe os desejos. Ele foi homicida desde o princípio e jamais se firmou na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira” (Jo 8:44).

A paz verdadeira, só na obediência a Cristo



Deixo-vos a paz, a Minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. João 14:27.

Sempre tem havido e sempre haverá duas classes na Terra, até o fim do tempo — os crentes em Jesus e os que O rejeitam. Pecadores, embora perversos, abomináveis e

Amar como Cristo amou



Nisto todos conhecerão que sois Meus discípulos, se vos amardes uns aos outros. João 13:35.

Se fôssemos verdadeiras luzes no mundo, devíamos manifestar o amorável e compassivo espírito de Cristo. Amar como Cristo amou, quer dizer que devemos praticar o domínio próprio. Quer dizer que devemos revelar abnegação em todas as ocasiões e em todos os lugares. Quer dizer que temos de espalhar, ao nosso redor, palavras bondosas e olhares de simpatia. Estas coisas não custam nada ao doador, mas deixam atrás de si uma preciosa fragrância. Sua influência para o bem não pode ser calculada. Não somente para o que as recebe, mas para o doador, elas são uma bênção, porque reagem sobre eles. O genuíno amor é um precioso atributo de origem celestial, o qual aumenta em fragrância, à proporção que é transmitido aos outros.

9 de out de 2011

O perigo de retornar ao pecado!



Como entender a declaração de que é impossível renovar ‘para arrependimento’ aqueles que ‘provaram o dom celestial’ e ‘caíram’ (Hb 6:4-6)?

Hebreus 6:4-6 fala da extrema dificuldade de se levar ao arrependimento pessoas que rejeitam conscientemente o evangelho, após (1) haverem sido “iluminadas” com a verdade, (2) provarem “o dom celestial”, (3) tornarem-se “participantes do Espírito Santo” e (4) haverem provado “a boa palavra de Deus e os poderes do mundo vindouro”. O texto chega a declarar que “é impossível outra vez

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...