1 de dez de 2011

A Bíblia – Sugestões para a sua Leitura

1. Leia-a calma e lentamente, não de afogadilho como se fosse um jornal.

2. Leia-a com atenção, não maquinalmente. Procure “ver” as cenas; “saboreie” as palavras.

3. Leia procurando a mensagem pessoal que a passagem de cada dia lhe traz.
4. É importante sua atitude íntima para com a mensagem de Deus. Quando Ele condena, incline-se penitentemente; quando oferece ajuda, ponha toda a confiança nessa promessa; quando Ele ordena, obedeça.

5. Sublinhe as passagens que o impressionam. Copie-as e repita-as em voz alta. Tome nota de uma lista de idéias que essas passagens sugerem.

6. Decore um versículo diariamente.

7. Ponha de parte todos os dias um período de tempo para a leitura da Bíblia.

8. Faça da leitura da Bíblia um hábito; comece o ano como seu leitor diário.

Estas sugestões foram apresentadas pela Sociedade Bíblica Americana. Seguem-se mais oito sugestões adaptadas por alguém de Your Bible and You.
Como Ler a Bíblia com Proveito

“Muitas pessoas se desanimam quando começam a ler a Bíblia quando chegam a Êxodo, Levítico e Números. Se este tem sido seu problema ou se é a 1ª vez que vai lê-la, sugerimos que siga o seguinte programa:

1. Comece por um livro simples, como o Evangelho de São Marcos. Um livro repleto de ação, que pode ser lido em menos de duas horas. Aproxime-se de Jesus!

2. Prossiga lendo S. Mateus, que repete a maioria dos acontecimentos que Marcos mencionou. Procure observar os sermões e discursos que Jesus pronunciou e as lições maravilhosas que eles contêm. (Capítulos 5 a 7, 10, 13, 18, 23, 24 e 25. Aprenda de Jesus!

3. Depois o Evangelho de S. Lucas. Note o cuidado que ele teve de anotar datas de acontecimentos importantes. Seu evangelho tem muito de espírito humanitário, como nas parábolas do Bom Samaritano, o Filho Pródigo, o rico e Lázaro. Sinta o amor de Jesus pelos que sofrem!

4. O evangelho de S. João, talvez o mais lindo dos evangelhos, mostra a união da divindade com a humanidade.

5. O passo seguinte é procurar as histórias na Bíblia. O livro de Atos, contando os primórdios da Igreja. Há centenas de histórias, especialmente no Velho Testamento.

6. As biografias são imparciais, mostrando os aspectos positivos e negativos das pessoas. Comece por José (Gênesis 37 a 50). Conheça Moisés (Êxodo 1 a 20, 24, 31 a 35; Números 10 a 27). Davi que é a mais longa biografia da Bíblia (I Samuel 16 a 31; II Samuel todo e I Reis 1 e 2). Salomão, Elias e Eliseu são personagens muito interessantes. Rute e Ester são para ler de um fôlego.

7. Outro meio de estudar a Bíblia é descobrir nela as doutrinas e ensinos, num estudo por tópicos ou assuntos: oração, fé, obediência, graça, recompensa, etc. Para este estudo é necessário a ajuda de uma boa concordância. Há ainda muitos tópicos maravilhosos, como profecias, milagres, fatos científicos, coisas que nunca se esgotam!

8. Não tenha pressa. Sublinhe os versos que mais o impressionam. Nunca abra o Livro Sagrado sem pedir a presença de seu Autor, para conduzir seus pensamentos e iluminá-los.”

A Bíblia revela a vontade de Deus, patenteia a condição moral do homem, o caminho da salvação, a condenação dos pecadores e a felicidade dos santos.

As suas doutrinas são santas, os seus preceitos são obrigatórios, as suas histórias verdadeiras e as suas decisões imutáveis. Leiamo-la para nos tornarmos sábios, creiamos nos seus ensinos para sermos firmes, pratiquemos suas advertências para sermos santos.

Ela contém luz para nos dirigir, alimento para nos nutrir e conforto para nos alegrar. É o mapa para o viajante, o bordão para o peregrino, a bússola para o piloto, a espada para o soldado e a Carta Magna para o Cristão. Aponta-nos o caminho para o céu e nos adverte do caminho para o inferno. Cristo é o seu grande assunto; o nosso bem, o seu objetivo; e a glória de Deus, o seu fim. Ela deve encher a nossa memória, governar o nosso coração, e guiar os nossos pés.

Para que a sua leitura seja proveitosa ela deve ser feita devagar, com meditação e muita oração. Nesta vida ela nos é oferecida, no dia do juízo estará aberta e para sempre será mantida. Neste livro se encontra a suprema responsabilidade, a recompensa para o menor trabalho e a condenação para todos os que brincam com o seu conteúdo sagrado.

Quando estiver triste, leia João 14; Salmo 46, 90.
Quando estiver preocupado, leia Mateus 6:10-34.
Quando estiver desanimado, leia Salmo 91; Isaías 40.
Quando se sentir longe de Deus, leia Salmo 139.
Quando desejar paz e descanso, leia Mateus 11:25-30.
Quando estiver doente, leia Tiago 5; Salmo 41.
Quando estiver em perigo, leia Lucas 8:22-25; Salmo 91.
Quando os homens falham, leia I Pedro 5:7; Salmo 23.
Quando estiver com medo, leia Mateus 6:25-34; 11: 28-30.
Quando for tentado, leia I Cor. 10:13; Isaías 40.
Quando tiver cometido pecado, leia I João 1:8-9; Heb. 7:25; Salmo 51.
Quando se esquecer das bênçãos, leia Salmo 103.
Quando a sua fé enfraquecer, leia Hebreus 11.
Quando precisar de coragem, leia II Cor. 12:9; Tiago 1:1-9.
Quando desejar felicidade, leia Colossenses 3:1-17.
Quando sair para uma viagem, leia Salmo 121.
Quando sentir o desejo de criticar, leia I Coríntios 13.

“A Bíblia é a história de Jesus, história que revela o infinito amor de Deus, a terrível natureza do pecado, nossa necessidade de um Salvador, e o brilhante futuro reservado aos que se unem à família celestial. É um conforto no tempo de angústia, guia em tempos de perplexidade, uma força na hora da tentação. Ela é uma revelação da mente de Deus, uma audiência com o altíssimo, uma transcrição da vontade de Deus. É o maior instrumento do Senhor para nos pôr em face da salvação por meio de Seu Filho Jesus. Precioso Livro!”
Kenneth H. Wood, Jr.

A verdadeira finalidade da Bíblia é formar nossa fé em Cristo, ensinar-nos verdades divinas, corrigir-nos quando caímos em erro, informar-nos com respeito às obras que são agradáveis a Deus e, finalmente conduzir-nos ao Céu.

Pedro Apolinário, História do Texto Bíblico, Capítulo 21.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...