1 de dez de 2011

Qual é o Propósito das Normas da Igreja?

As normas da igreja respondem a uma importante pergunta: Como devem viver os cristãos? A maior parte do conteúdo da Bíblia é sobre como devemos viver, como devemos nos relacionar com Deus, com os outros seres humanos e com a natureza. A igreja cristã sempre ensinou o valor e a necessidade dos padrões bíblicos e a Igreja Adventista continuou essa tradição bíblica. Quando os adventistas declaram que a Bíblia é nossa única doutrina, quer dizer que tudo o que a Bíblia diz sobre vida cristã deve ser aceito e praticado. Identificamos uma série de normas bíblicas e se espera que sejam vistas na vida cristã daqueles que se unem à igreja, ou que já se uniram a ela. Com isso, demonstramos que aceitamos a Cristo como nosso Salvador e Senhor.
1. As Normas da Igreja e o Evangelho: Embora não devamos equiparar os padrões bíblicos para a vida cristã com o evangelho, eles não o depreciam. Pelo contrário, pressupõem o evangelho, tendo a ele como centro. Em outras palavras, as normas da igreja devem contribuir para revelar o significado da cruz e suas implicações na vida dos crentes. São nossa resposta para o amor de Deus por nós, revelado na cruz de Cristo. Deus não deixou a nosso critério a decisão de como o cristão deve viver. Ele nos informou a respeito do impacto que a obra de Cristo faz em nossa vida diária, pelo exemplo de Jesus, das Escrituras e da direção do Espírito Santo. Quando colocamos isso em prática, as normas da igreja revelam a obra que o Espírito Santo está realizando em nós.

2. Conteúdo das Normas: Os padrões bíblicos são pertinentes a todos os aspectos de nossa vida.

Vida Espiritual: Nossa vida espiritual é fortalecida e cresce por meio da oração, do estudo da Bíblia e da proclamação do evangelho, frequência aos cultos na igreja e pela observância do sábado.

Vida Moral: Deus está interessado em nossa pureza moral e em nosso compromisso com uma vida santa. Portanto, tudo aquilo a que assistimos, o que lemos, ouvimos e pensamos é importante. Consequentemente, de boa vontade, submetemo-nos à Sua vontade como revelada nos Dez Mandamentos e, acima de tudo, na vida de Jesus.

Vida Física: Deus está interessado em nosso corpo e que este funcione perfeitamente. Logo, é importante a prática dos princípios de saúde. O modo como nos vestimos e nos adornamos é importante, pois revelam os nossos princípios. Praticamos modéstia, simplicidade e pureza na maneira como vestimos e adornamos nosso corpo.

Vida Social: Deus está interessado em como interagimos com os outros, em nosso cotidiano. Isso se aplica à família: marido e mulher, filhos e pais, à família da igreja e à sociedade, num plano maior. Recursos Materiais ou Financeiros: Deus está interessado em nos abençoar e nos guiar em relação ao uso apropriado dos recursos financeiros para nos ajudar a vencer nosso egoísmo natural. Consequentemente, aplicamos os princípios bíblicos de mordomia na administração de nossos bens e no uso dos recursos naturais.

3. Normas Coletivas e Pessoais: Para que a igreja mundial avance unida em direção a um alvo comum, ela deve concordar não apenas com suas doutrinas e missão, mas também com as normas de vida requeridas de seus membros. Essas normas, aceitas pela totalidade de sua comunidade de fé, é o mínimo, não o máximo, que se espera. Elas são baseadas em passagens ou princípios bíblicos (por exemplo, não fumar, não usar drogas, devem ser baseados nos princípios de saúde encontrados na Bíblia). Tal conexão com a Bíblia os transforma em autoridades na comunidade mundial de crentes.

Algumas normas individuais ou pessoais não são necessariamente promovidas ou requeridas pela igreja mundial. Em tais casos, o crente não deve tentar impô-las sobre os outros. Elas são decisões pessoais, apenas (por exemplo, se devemos ou não comer ovos ou queijo, ou ter televisão em casa). As pessoas devem ter cuidado para não desenvolver uma atitude de superioridade e orgulho religioso.

Tudo o que fizermos deve ser feito para a glória do nosso Senhor, que é nosso Criador e Redentor.

Ángel Manuel Rodríguez, recentemente jubilado, foi o diretor do Instituto de Pesquisas Bíblicas da Associação Geral.
Fonte: www.setimodia.wordpress.com

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...