26 de nov de 2011

O Grande Amanhã

Quais acordes de uma suave melodia, soam aos ouvidos as palavras de Jesus: “Vou prepara-vos lugar …e vos receberei para Min mesmo, para que onde Eu estou estejais vós também”. S. João 14:2 e 3.

Em meio às densas trevas e confusões do mundo atual, elas trazem nova esperança e grande conforto. Elas nos dizem que dias melhores certamente virão, pois assim Deus o prometeu.

No princípio Deus designou a Terra para ser a venturosa morada de uma raça perfeita. A entrada do pecado frustrou temporariamente esse plano. Mas no devido tempo o Senhor exercerá Seu plano, estabelecendo aqui o reino celestial. Falando da terra, a Escritura diz que Deus “não a fez para ser um caos, mas para ser habitada”. Isaías 45:18



É propósito de Deus, conforme já comentamos anteriormente, dar “O reino e o domínio, e a majestade dos reinos ao povo dos santos do Altíssimo.” Daniel 7:27, e o Seu propósito não irá falhar. Disse Deus: “Eis que faço novas as cousas”. Apocalipse 21:5.

Quando isto acontecer, o pecado já terá sido completamente banido pra nunca mais existir. Deus promete que a angústia do pecado nunca mais retornará.

“Não se levantará por duas vezes a angústia!”. Naum 1:9

“E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor porque as primeiras cousas passaram.” Apocalipse 21:4

Este é o grande amanhã dos salvos. Algumas pessoas, porém, consideram o Céu como uma fantasia infantil, não sabendo o que é e onde está, apenas fazem idéia que deve ser algo de bom, de fabuloso, para compensá-los dos desapontamentos e tristezas da vida. Outros, pensam nele como algo místico, irreal, onde os “santos”, sentados sobre nuvens ao arco-íris, estão a tocar suas harpas sem cessar.

COMO SERÁ O CÉU?

Vejamos o que a Bíblia diz: Depois da ressurreição de Jesus, Ele apareceu aos Seus discípulos reunidos no cenáculo e lhes disse: “Vede as minhas mãos e os meus pés. Sou eu mesmo! Apalpai-me e vede; um espírito não tem carne nem ossos, como vedes que eu tenho. Dizendo isto, mostrou-lhes as mãos e os pés. E, por não acreditarem eles ainda, por causa da alegria, e estando admirados, Jesus lhes disse: Tendes aqui alguma cousa que comer? Então lhe apresentaram um pedaço de peixe e um favo de mel. E Ele comeu na presença deles.” S. Lucas 24:39-43. E logo disse a Tomé “Põe aqui o teu dedo e vê as Minhas mãos; chega também a tua mão e põe-na no mEu lado; não sejas incrédulo, mas crente”. S. João 20:27.

Os discípulos de Cristo viram uma pessoa fisicamente real no Salvador ressurreto. Eles O apalparam. Seu corpo era real. Ele comeu com Eles. Porque Cristo foi vitorioso sobre a morte, ressuscitando, Ele ressuscitará os justos mortos por ocasião da Sua segunda vinda. Diz o profeta Isaías: “Os vossos mortos e também o meu cadáver viverão e ressuscitarão”. Isaías 26:19.

Quando Jesus vier, nossos corpos, serão transformados (I Corintios 15:51 e 52) e restaurados à Sua semelhança, como no princípio.

Serão como o corpo do ressurreto Salvador “Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que havemos de ser. Sabemos que, quando Ele Se manifestar, seremos semelhantes a Ele, porque havemos de vê-Lo como Ele é”. I S. João 3:2

Nossos corpos serão reais como são agora, mas transformados “incorruptíveis”, “imortais”, eternamente livres de pecado, doença, sofrimento, deformidades e morte. (I Corintios 15:23 e 54)

Pode você imaginar um quadro como esse, despertar e sentir que todo mal desapareceu, não havendo mais dor doença, deformação, fome ou morte? Pois isto é exatamente o que Cristo irá fazer a todos que estiverem preparados para ir com Ele ao Céu.

NÓS NOS RECONHECEREMOS?

Seremos reconhecidos por nossos queridos e amigos? Os discípulos de Jesus reconheceram-nO após a Sua ressurreição. Maria O reconheceu perto do sepulcro, por voz familiar, quando a chamou pelo nome (S. João 20:14 e 16). Ele quando reconhecido pelos dois discípulos no caminho a Emaús, quando viram o modo de Jesus abençoar o pão (S. Lucas 24:13-35).

Visto que “seremos semelhante a Ele”, os redimidos certamente serão reconhecidos pelo tom de voz, por seus traços familiar e características individuais de personalidade; as marcas do pecado serão removidas, mas lá nos conheceremos e compreender-nos-emos melhor do que nesta vida.

“Porque agora vemos como em espelho, obscuramente, então veremos face a face; agora conheço em parte, então conhecerei como também sou conhecido”. I Corintios 13:12.

Que esperança para o cristão! Vida eterna com amigos e queridos desta Terra! Por isso S. Paulo exclamou: Neste maravilhoso lugar os salvos viverão por mil anos.”Serão sacerdotes de Deus e de Cristo e reinarão com Ele mil anos” Apocalipse 20:6 última parte. Findo esse tempo, serão transferido para a terra renovada, onde viverão para sempre. Esta Terra passará por um processo preparatório para tornar-se o lar dos salvos. Será submetida à ação do fogo. Este fogo purificador destruirá tudo o que é mau.

Então Deus vestirá a Terra de encantadora beleza (Isaías 35:1 e 2) tal como havia sido no princípio e dotá-la-á de condições ideais para os justos. “Eis que faço novas as coisas”. Apocalipse 21:5

Tudo sobre a Terra será novo. Nesta Terra renovada e livre de toda e qualquer contaminação habitarão os salvos para sempre.

“Espera no Senhor, segue o Seu caminho, e Ele te exaltará para possuíres a Terra; presenciarás isso quando os ímpios forem exterminados.” Salmos 37:34.

A NOVA CAPITAL

Ao serem os salvos transferidos para a Terra, virá com eles a Jerusalém celestial. Esta cidade é obra do próprio Deus (Hebreus 11:10). A sua beleza e glória são descritas em Apocalipse 21 e 22, onde lemos que ela é de ouro puro e o seu fulgor como de uma pedra preciosíssima. Esta vasta metrópole tem cerca de 560 quilômetros de cada lado – uma área maior que a do estado de São Paulo ou do Rio Grande do Sul, ou ainda dos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Sergipe juntos. Seus muros são de Jaspe, com seus doze fundamentos de pedras preciosas, com cores mais belas que as do arco-íris; doze portais de pérola, sendo cada portal “uma pérola”.

“Nela estará o trono de deus e do Cordeiro. Os Seus servos O servirão, contemplarão a Sua face.” Apocalipse 22:3 e 4.

A Nova Jerusalém terá o trono de Deus e de Cristo. O Salvador Jesus Cristo será o justo e compassivo Rei do reino porvir. E será dado aos remidos o privilégio de contemplar a face do Senhor.

MORADAS SEGURAS E POVO FELIZ
Não mais ladrões para amedrontar-nos! “O efeito da justiça será paz, e o fruto da justiça repouso e segurança para sempre. O Meu povo habitará em moradas bem seguras, em lugares quietos e tranqüilos”. Isaías 32:17 e 18.

“Os resgatados do Senhor voltarão, e virão a Sião com cânticos de júbilo; alegria eterna coroará as suas cabeças; gozo e alegria alcançarão e deles fugirá a tristeza e gemido.” Isaías 35:10

Porém, por mais que queiramos descrever a vida do além, devemos admitir que: “Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que O amam” I Coríntios 2:9.

QUE ATIVIDADE HAVERÁ LÁ?

Deixemos as glórias dessa Cidade Eterna, e vejamos alguns dados interessantes que o profeta Isaías nos fornece. Ele escreveu: “Eles edificarão casas, e nelas habitarão: plantarão vinhas, e comerão do seu fruto. Não edificarão para que outros habitem; não plantarão para que outros comam; porque a longevidade do Meu povo será como a da árvore, e os Meus eleitos desfrutarão de todo as obras das suas mãos.” Isaías 65:21 e 22.

Alguém, ao ler esta passagem, disse: “Se eu tiver de trabalhar lá também, então não quero ir, pois chega o duro que tenho dado aqui”. O trabalho é uma benção. Já imaginamos o que seria uma vida de ociosidade? Foi Deus que deu aos nossos primeiros pais, a tarefa de cultivar e guardar o jardim do Éden (Gênesis 2:15). Por certo era uma tarefa muito agradável que lhes dava prazer, pois só depois da entrada do pecado é que se fatigavam para ganhar o pão (Gênesis 3:17).

No Éden restaurado – Deus dará ao homem outra vez ocupação física. O trabalho não era cansativo, mas agradável . Contribuirá para o seu bem-estar. E os remidos gozarão os frutos das suas mãos. Haverá crescimento intelectual, espiritual e moral.

Todos os tesouros do universo infinito estarão abertos ao estudo do homem. A aquisição de conhecimento não terá limites. Ali cada faculdade será desenvolvida, toda habilidade aumentada. Os maiores empreendimentos serão levados a êxito, as mais elevadas aspirações alcançadas, realizadas as mais altas ambições. E surgirão ainda novas alturas a serem alcançadas, novas maravilhas para serem admiradas, novas verdades a serem compreendidas, novos objetivos de estudo a desafiarem as faculdades do corpo, da mente e da alma.” Profetas e Reis, página 731.

Haverá também crescimento espiritual. Terão os remidos oportunidade de estudar os atributos do santo caráter de Deus, em especial o Seu amor e a Sua graça. A escritura diz ser intento de Deus “mostrar nos séculos vindouros (na eternidade) a suprema riqueza da Sua graça, em bondade para conosco, em Cristo Jesus”. Efésios 2:7.

Assim, na Nova Terra os remidos aprenderão mais e mais do amor e perfeição de Deus. Quando mais conhecerem o Seu perfeito caráter, mais O hão de amar; e quanto mais O amarem, mais venturosos serão.

QUEM ENTRARÁ NAQUELE REINO?
“Bem-aventurado os limpos de coração, porque verão a Deus.” S. Mateus 5:8 “Nela nunca mais penetrará coisa alguma contaminada nem o que pratica abominação e mentira, mas somente os inscritos no livro da vida do Cordeiro.” Apocalipse 21:27

“E a si mesmo se purifica todo o que nEle tem esta esperança, assim como Ele é puro.” I S. João 3:3

“Um amigo de crianças visitando certa escola, disse às crianças: “Voltarei qualquer dia e darei um prêmio àquela que tiver a carteira mais limpa”.

“Mas quando voltará o senhor?”, perguntaram. “Isto não vou dizer”, foi a resposta.

Uma pequena, tida como a mais desordeira, disse às demais crianças que iria ganhar o prêmio.

“Você?”, caçoaram as colegas. “Jamais o ganhará! Sua carteira está sempre em desordem”.

“Eu a limparei no começo de cada semana”. “Sim, mas suponhamos que Ele venha no fim de semana”. “Então a limparei cada manhã”, respondeu ela. “Mas, e se ele vier no fim da aula”. A menina pensou um pouco, então disse: “Eu sei o que farei: Eu a conservarei sempre limpa”.

Com a graça de Deus você também poderá conservar seu coração, sua vida sempre limpa, para estar no Seu reino – no grande amanhã.


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...